Quarta-Feira, 16 de Junho de 2021 - 15:46 (Geral)

L
LIVRE

Palmas é única capital a vacinar apenas grupos prioritários contra Covid

Principal cidade do Tocantins imuniza pessoas acima dos 60 anos ou os mais jovens que tenham comorbidades. Demais 26 capitais brasileiras ampliaram serviço para população em geral, em diferentes faixas etárias. São Luís (MA) se destaca com vacinação disponível para a faixa etária mais jovem: 24 anos.

Palmas é a única capital brasileira que permanece com a vacinação contra a Covid apenas para grupos prioritários: pessoas acima dos 60 anos ou, então, que tenham comorbidades, segundo levantamento do G1 feito nesta quarta-feira (16).

As outras 25 capitais dos estados e Brasília, no Distrito Federal, imunizam de acordo com faixa etária. Questionada, a prefeitura de Palmas não definiu prazo para o início da vacinação por idade.

Até segunda-feira (14), Porto Velho também não havia aberto a vacinação por idades. A imunização de pessoas com 55 anos ou mais sem comorbidades começou nesta quarta.

São Luís, no Maranhão, é a capital que vacina a faixa etária mais jovem: quem tiver 24 anos ou mais já pode receber a primeira dose, segundo a prefeitura. As pessoas com 60 anos ou mais representam 11,5% da população maranhense, ante 15% da média nacional.

O Ministério da Saúde liberou a imunização de pessoas sem comorbidade no fim de maio e definiu que deve ocorrer em ordem decrescente de idade: primeiro as mais velhas, depois as mais novas.

Em alguns locais, como Fernando de Noronha (PE), a vacinação já alcançou as pessoas de 18 anos. Há cidades, como Betim (MG), que imuniza adolescentes de 12 a 14 anos com a vacina da Pfizer - a decisão contraria orientação do Ministério da Saúde, que indica vacinação de adultos - ou seja, a partir de 18 anos.

Fonte: 20 - Por G1

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/palmas+e+unica+capital+a+vacinar+apenas+grupos+prioritarios+contra+covid/175235

News Rondônia