Sexta-Feira, 14 de Maio de 2021 - 10:09 (Cultura)

L
LIVRE

Funcer participa da 19ª Semana Nacional de Museus com o tema 'O futuro dos museus: recuperar e reimaginar'

O Museu da Memória Rondoniense está instalado no Palácio Presidente Vargas, localizado na região central de Porto Velho.

O Governo de Rondônia, por meio da Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer), vai participar nos dias 17 a 21 de maio, da 19ª Semana Nacional de Museus que abordará nesta edição o tema “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar”. O evento acontecerá on-line, sendo organizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) com o objetivo de promover, divulgar e valorizar espaços que se destinam ao estudo e conservação do patrimônio cultural.

Abraçando esta iniciativa, a equipe do Museu da Memória Rondoniense (Mero), órgão cultural ligado à Funcer, composta por uma historiadora, arqueóloga, bibliotecária e um arte educador, está preparando um conjunto de atividades voltadas para o encontro. A proposta é trazer reflexões à população sobre a importância do Mero na valorização da história local, identidade e memórias, por meio de mostras virtuais e transmissões ao vivo programadas para acontecer em um período estabelecido.

“Como podemos projetar o futuro dos museus?”, indaga a diretora do Mero, Liliane Sayonara, ao falar sobre a temática do evento. “Projetamos resgatando nossa história, pensando no nosso caminho atual”, complementa.

O Museu da Memória Rondoniense está instalado no Palácio Presidente Vargas, localizado na região central de Porto Velho. Com preparação prévia, a equipe responsável pelas exposições trabalhou durante a semana recolhendo artefatos, fotografias antigas e outros elementos históricos, muitos deles catalogados e alocados na Reserva Técnica do Mero (RT).

Ao serem retirados da RT, os objetos são passados pelo processo denominado Curadoria (limpeza), a exemplo de uma flecha de origem indígena que será exibida em uma das exposições virtuais. Outros, guardados delicadamente em papeis de seda, são fotos de prédios antigos, a maioria deles da capital rondoniense. Os chefes de equipe do Mero, João Rabello e Laura Nisinga, conduzem os trabalhos preparativos através do registo de imagens e demais suportes gerais durante a ação.

“Em decorrência da pandemia, que torna necessário preservar o distanciamento social para evitar a disseminação do coronavírus, uma plataforma digital será disponibilizada ao público que deseja conhecer este rico acervo do nosso Estado. As pessoas poderão apreciar a exposição, que vem acompanhada de descrição do item que está sendo apresentado, como se estivessem no espaço físico do museu”, esclarece Liliane sobre a finalidade da mostra. Além desta atividade, são aguardados para os próximos dias quatro lives temáticas, que integram as ações da 19ª Semana Nacional de Museus do Ibram.

LIVES

As lives ocorrerão durante a semana do evento, sendo duas produções a serem apresentadas por dia, começando na próxima terça-feira (18). Para isso, são aguardados alguns convidados especiais, como professores renomados de Rondônia que irão abordar diversos assuntos relacionados ao Museu, seu acervo, gestão, apropriação pela sociedade, além de técnicas peculiares do universo de produção visual.

“Com as lives teremos a oportunidade de conversar e estar mais perto do nosso público. Na mostra virtual, o participante apenas observará, apreciará e comentará o conteúdo exposto. Já, na transmissão ao vivo, contamos com a interação do público, que pode enviar perguntas e esclarecer eventuais dúvidas sobre os assuntos abordados”, destaca Liliane sobre o propósito das lives. A grade pode ser conferida abaixo:

  • 18/05/2021 – 9h às 10h: História do Museu da Memória Rondoniense
    Das 18h às 19h: Reimaginar acervos museais

  • 21/05/2021 – 9h às 10h: Recuperação de negativos
    Das 18h às 19h: Museu, um espaço de poéticas.

PROGRAMAÇÃO

As mostras ficarão disponíveis até o dia 21 de junho, na plataforma criada especificamente para o evento: https://semananacionaldemuseusmero.wordpress.com/. Ainda, é necessário que o público realize a inscrição prévia em todas as atividades do evento por meio do link: https://www.even3.com.br/19asemananacionaldemuseusmero/. Os detalhes da transmissão (live) estarão disponíveis no e-mail de confirmação a partir da efetuação da inscrição.

 

Funcer disponibilizará plataforma digital aos participantes

 

 

  1. 17/05/2021 a 21/06/2021 – Memórias da Semana de Museus;

  2. 18/05/2021 a 21/06/2021 – Museu antes e agora: caminho e contrastes;

  3. 19/05/2021 a 21/06/2021 – Comunidades no novo milênio;

  4. 20/05/2021 a 21/06/2021 – Velho? Fósseis e Ossos digitais;

  5. 21/05/2021 a 21/06/2021 – Pedras a Óleo, exposições naturais.

ABRANGÊNCIA

De acordo com Liliane, o Mero participa da Semana Nacional de Museus desde o ano de 2004, anteriormente, com o nome de Museu Estadual de Rondônia, o qual era abrigado em outras dependências na capital Porto Velho. “Antes, o espaço era intitulado como Museu Territorial de Rondônia, pois foi criado em 1964, sendo o primeiro museu do que viria a ser o Estado oficialmente” acrescenta.

Por ser um evento de abrangência nacional, sua organização é sempre conduzida pelo Ibram, órgão do Governo Federal, sendo quem determina o tema dos encontros é o Conselho Internacional de Museus (Icom), organização não-governamental que se dedicada ao desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o setor museológico.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/funcer+participa+da+19+semana+nacional+de+museus+com+o+tema+o+futuro+dos+museus+recuperar+e+reimaginar/172339

News Rondônia