Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2021 - 16:31 (Colaboradores)

L
LIVRE

Performance Vácuo provoca reflexão sobre naturalização da violência contra a mulher

O evento terá legenda descritiva e interpretação em Libras.

Vácuo é o corpo feminino que reflete os olhares, falas, pensamentos e ações de uma sociedade adoecida por uma cultura machista, misogina e sexista, que há anos naturaliza a violência contra a mulher e suas diversas mulheridades. Como dizia Simone de Beauvoir em O Segundo Sexo, a liberdade da mulher está apenas nascendo agora, pensando que ser mulher é uma resistência onde se aprende á encapar-se de uma força exaustiva e constante para buscar sobrevivência e com alguma sorte ou justiça.

A artista rondoniense Andressa Silva, é criadora da performance Vácuo que surgiu em 2019 como seu primeiro trabalho solo por meio de provocações de outros artistas que potencializaram a sua coragem de abordar os temas relacionados ao solo, ao mesmo tempo que impulsionava a sua voz e autonomia enquanto artista independente. 

A performance será apresentada em vídeo inedito através da Plataforma Zoom ás 19:00 pelo fuso horário de Rondônia, o link para a entrada no evento será disponibilizado na bio do instagram @an.dressasilva com entrada gratuita.

Após a apresentação haverá uma roda de conversa com a mediação de Kaline Leigue e convidades para cada noite das três noites da temporada, com espaço para que o público também dialogue. O evento terá legenda descritiva e interpretação em Libras. 

25/02 – Iara Campos/PE

artista pernambucana da dança e do teatro, produtora cultural, licenciada em Artes Cênicas pela UFPE. Natural de Palmares PE. Residente em Recipe PE.

26/02 – Teo Nascimento/RO 

Artista, atriz, ensaiadora, preparadora de elenco, facilitadora de oficinas teatrais e figurino. Natural de Humaíta AM. Residente em Porto Velho RO.

27/02 – Gabs Ramos

Tem 30 anos, Portovelhense, estudante, bailarine, facilitadora da modalidade de Balé, Jazz e suas vertentes, Danças Contemporâneas, criadora-intérprete, improvisadora e experimentadora das artes da Corpa e dos movimentos. 

Este Projeto foi contemplado pela Primeira Edição Mary Cyanne do Edital de Chamamento Público de Fomento á Cultura e á Produção Artístico Cultural e Transmissões ao Vivo/Gravadas da Sejucel Rondônia.

SINOPSE

Posta em prateleira com código de barras, preços e validade. Quanto mais passos essa mulher dar nas ruelas da sua vida, mais pesada é a carga das violências amontoadas em sua memória. Reproduções de um comportamento naturalizado em suas diversas formas de violência embalam o ser-mulher á vácuo. Quantas violências habita em uma corpa feminina?  

FICHA TÉCNICA 

Performer Pesquisadora: Andressa Silva 

Provocadores: Andréa Melo, Aline Monteiro, Kelly Lima e Gabs Ramos e Luiz Lerro 

Figurino e Objetos: Andressa Silva 

Imagem: Rafael Barros

Fotografia: Natalí Araújo

Apoio de Produção: Renan Cabral e Tanisson Passos

Artistas convidades: Gabs Ramos, Iara Campos e Teo Nascimento

Interpretes de Libras: Marcos Grutzmacher e Victor Tils

PRINCIPAIS INFORMAÇÕES 

Temporada VÁCUO

25, 26 e 27 de Fevereiro 

ás 19h (fuso Rondônia)

Plataforma Zoom

Link na bio do instagram @an.dressasilva

Fonte: Luciana Oliveira - NewsRondônia

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/performance+vacuo+provoca+reflexao+sobre+naturalizacao+da+violencia+contra+a+mulher/165792

News Rondônia