Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2021 - 14:52 (Coronavírus)

L
LIVRE

Após ameaçar exportar, Instituto Butantan diz que pode negociar a CoronaVac com estados

"Se não houver incorporação pelo Ministério da Saúde, existe interesse de outros estados e municípios", afirmou o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, que voltou a fazer cobranças à pasta comandada pelo general Eduardo Pazuello

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, voltou a fazer cobranças ao Ministério da Saúde, comandado pelo general Eduardo Pazuello, e afirmou que pode negociar a vacina CoronaVac diretamente para estados e municípios se o governo federal não manifestar interesse formal nas 54 milhões de doses oferecidas.

"Se não houver incorporação pelo Ministério da Saúde, existe interesse de outros estados e municípios. Então sim, é possível que haja atendimento a essa demanda", afirmou o dirigente à Globonews.

"Nós estamos pressionados pela demanda por vacina, existe essa demanda no mundo todo. Muitos países estão solicitando da nossa parceria Sinovac a assinatura de contrato de fornecimento. É necessário que o ministério se pronuncie, porque nós estamos no fim de janeiro e essa produção estaria prevista para início em abril. Portanto, não haverá tempo para negociarmos com a nossa parceria em relação à matéria-prima se não houver essa manifestação", acrescentou.

Fonte: 20 - Brasil247

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/apos+ameacar+exportar+instituto+butantan+diz+que+pode+negociar+a+coronavac+com+estados/164366

News Rondônia