Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020 - 16:04 (Política)

L
LIVRE

MEIO AMBIENTE: PALITOT ENTREGA CARTA DE INTENÇÕES AO EXECUTIVO

Comissão trabalha em conjunto com a sociedade civil organizada para que projetos apresentados sejam votados ainda este ano e possam sair do papel

Com o objetivo de entregar a Carta de Intenções elaborada pela Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal, em conjunto com entidades de defesa socioambientais, cooperativa de catadores e empresários do setor, o Professor Aleks Palitot esteve na Prefeitura, na manhã desta quarta-feira (12). Propostas de leis para educação ambiental, fiscalização e incentivo fiscal também foram algumas das pautas apresentadas ao Executivo.

Uma demanda que vem ganhando força graças ao empenho da Sociedade Civil Organizada, a destinação de resíduos sólidos em Porto Velho passará a ser discutida com maior atenção pelos poderes. No início da semana a Comissão de Meio Ambiente da Câmara realizou uma reunião para apresentação e debate do assunto.

Representantes da Sedam expuseram o Plano Estadual de Resíduos Sólidos (Pers), modelo de legislação adotado pelo Estado que pode nortear a lei municipal. Segundo Palitot, a expectativa da reunião era encontrar um encaminhamento para as demandas apresentadas, todas de grande interesse por parte dos segmentos envolvidos, mas que precisam sair do papel.

Empresários

Claudio Hikague, diretor da Fecomércio, disse em sua fala, durante a reunião, que é importante que as distribuidoras forneçam uma estrutura para a implementação da logística reversa. Quando os vasilhames de vidro, após o consumo dos produtos (cerveja), sejam recolhidos e reprocessados.

Para o vereador a geração de emprego é importante, e por isso não se deve penalizar as empresas, e sim buscar uma ponte, pois é difícil pedir qualquer iniciativa dos empresários se o Executivo Municipal não oferece ainda nenhum tipo de benefício.

Consultora e Auditora do Instituto Lixo Zero, a Engenheira Florestal, Samira Alvin, em conjunto com sua equipe, tem sido uma das grandes responsáveis pela formação da ideia no contexto municipal.

De acordo com Samira o passo seguinte a reunião foi a elaboração, na terça-feira (11), da Carta de Intenções contendo propostas, procedentes dos mais diversos segmentos sociais relacionados à agenda, como catadores, educadores ambientais e ongs.

Propostas

Duas destas propostas constantes na carta foram indicações de Palitot. A isenção de taxas de licenciamento ambiental e impostos para cooperativas que trabalham com coletas seletiva de resíduos sólidos e instalação de ecopontos em locais estratégicos da cidade.

Na quarta-feira (12) a carta foi levada ao chefe do Executivo Municipal, “A prefeitura possui o comprometimento na fiscalização da logística reversa, no caso dos vasilhames de cerveja e as empresas por sua vez devem dar uma destinação adequada aos resíduos gerados por seus produtos”, relata Samira Alvin.

Segundo Samira uma alternativa é a criação de ecopontos espalhados na cidade e o envio deste material para reciclagem. Para isto os catadores pedem dois ecopontos e um centro de triagem na Zona Leste e outro na Zona Sul. “Acredito que através da Câmara será possível regulamentar as atividades, e propondo ainda condições favoráveis para os fabricantes”, esclarece a Auditora.

Fonte: 015 - Assessoria

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/meio+ambiente+palitot+entrega+carta+de+intencoes+ao+executivo/146312

News Rondônia