Quinta-Feira, 26 de Setembro de 2019 - 08:45 (Esportes)

L
LIVRE

INTER SOFRE COM EXPULSÕES E FLAMENGO GARANTE LIDERANÇA NO BRASILEIRÃO

Gabigol, Arrascaeta e Bruno Henrique fizeram os gols. O rubro-negro agora soma 48 pontos e dispara em 1º colocado. Inter é o 4º

O reencontro de Flamengo e Internacional no segundo turno do Brasileirão tinha muitas questões a serem resolvidas. Na primeira parte do campeonato o colorado somou três pontos e na Libertadores o rubro-negro despachou os gaúchos nas quartas de final. Nesta quinta-feira (25/09/2019), as cores vermelho e preto se sobressaíram mais uma vez em 2019. Gabigol, Arrascaeta e Bruno Henrique fizeram os gols da vitória no Maracanã.

O time de Odair Hellmann voltou para o segundo tempo desfalcado de dois jogadores: Bruno e Paolo Guerrero. Mesmo assim, a torcida do Mais Querido levou um susto, quando o time levou o gol de empate aos 3 minutos da segunda metade, mas o andar da carruagem foi a favor do time de Jorge Jesus. Com o resultado, o Flamengo agora soma 48 pontos e permanece disparado na liderança. E o Inter segue em 4º colocado.

O jogo

Os primeiros minutos foram de controle do Flamengo. O dono da casa comandou as atitudes e a posse de bola com 77%. Aos 14 minutos, o árbitro marcou pênalti a favor do rubro-negro em lance de Gabigol dentro da área. O artilheiro driblou Marcelo Lomba e ia fazendo o gol, quando Bruno o empurrou e acabou expulso na sequência. O mesmo camisa 9 pegou a bola e guardou o primeiro do Flamengo no jogo.

O relógio seguiu sem muitas chances de perigo de nenhum dos lados, mas as ações ainda em sua maioria do time flamenguista, que mantinha a soberania na posse de bola. Aos 30 minutos, Rafinha tentou encontrar alguém dentro da área fazendo cruzamento fechado, porém a bola acabou passando por todo mundo e assustou Lomba, que precisou se jogar para fazer a defesa.

Aos 43, Guerrero entrou em campo com o supercílio sangrando, discutiu com o juiz e acabou levando o cartão vermelho. A partir daí começou um bate-boca sem fim. Inter sem dois jogadores para o segundo tempo. A primeira parte acabou pegando fogo.

2º tempo

Logo na volta do intervalo, aos 3 minutos, Patrick brigou e venceu duas divididas pela esquerda conseguindo deixar com Lindoso mais atrás. O meia passou para Edenílson, que chegava na entrada da área, bater de primeira. A bola desviou em Gerson, matou Diego Alves, que já tinha pulado para defender, e morreu dentro do gol.

Não demorou muito para sair a resposta do time de Jorge Jesus. Rafinha fez bom cruzamento e encontrou Arrascaeta dentro da pequena área. No meio de dois marcadores, o uruguaio voou mais alto e colocou o Flamengo na frente novamente, aos 10 minutos.

Quatro minutos depois, o ataque rubro-negro permanecia pressionando a área colorada, quando a bola sobrou para Bruno Henrique pela direita. O camisa 27 puxou para dentro, achou espaço e bateu colocado no ângulo esquerdo de Lomba, mas ela saiu pela linha de fundo passando próximo do travessão.

Na marca dos 20 minutos, Everton Ribeiro recebeu de Gerson dentro da área, protegeu e passou na hora certa para Bruno Henrique. O atacante estava na frente do gol, pegou de primeira, mas a redonda subiu demais. Acabou apenas em tiro de meta para Marcelo Lomba.

Quando o relógio mostrava 29 minutos, novamente o cruzamento de Rafinha encontrou Arrascaeta no segundo pau, mas dessa vez o uruguaio ajeitou para Bruno Henrique, que aproveitou a nova oportunidade, fez o terceiro e deu números finais ao jogo.

Fonte: 013 - Metropoles

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/inter+sofre+com+expulsoes+e+flamengo+garante+lideranca+no+brasileirao/137401

News Rondônia