Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019 - 10:05 (Cidades)

L
LIVRE

SEMAGRIC VIABILIZA IMPLANTAÇÃO DE LATICÍNIO EM JACI PARANÁ

Em parceria com a Usina Santo Antônio, a gestão Hildon Chaves inicia preparativos para instalar indústria no distrito

Francisco Evaldo, secretário adjunto da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, representou o prefeito Hildon Chaves e o titular da pasta, Luís Claudio Pereira, numa reunião de diagnóstico e levantamento da cadeia produtiva do leite na região do distrito de Jaci Paraná, precisamente na linha F, km 28, Travessão do Alumínio, PA União da Vitória, na propriedade da senhora Diva Balbino, que há quatro anos tinha um salão de beleza em Porto Velho e retornou à origem rural, sendo agora uma das mais entusiasmadas produtoras de leite da comunidade. Ela trabalha com sistema de piqueteamento, manejo de pastagem e tem ordenha mecânica e tanque resfriador, alcançando hoje uma produtividade de 180 litros diários, trabalhando com 16 vacas. Sua produção pode chegar, segundo técnicos da Emater que acompanharam Francisco Evaldo, a 250 litros/dia com alguns cuidados extras de manejo e alimentação.

Na reunião estavam cerca de 30 produtores que como Diva Balbino, buscam agregar valor ao produto e estão participando ativamente das primeiras providências para a implantação de um laticínio no distrito de Jaci, com recursos cedidos pela Usina Santo Antônio, graças a articulação bem sucedida do vereador Jurandir Bengala.

Francisco Evaldo disse que nesse primeiro momento a mobilização é no sentido de diagnosticar o potencial regional, cadastrar produtores e organizar uma cooperativa com a finalidade de gerenciar as atividades do laticínio, projetado para processar 50 mil litros de leite diariamente, produzindo queijo, manteiga e leite pasteurizado, embalado à vácuo em saco plástico e conhecido como "barriga mole".

Tanto o Secretário Luís Cláudio quanto seu adjunto, Francisco Evaldo mostram empenho em melhorar o segmento leiteiro regional através da indústria de transformação. "O produtor rural quer melhor preço para o que produz. Quer agregar valor no resultado final do seu trabalho e a implantação de um laticínio atende perfeitamente a demanda, cria novas oportunidades e abre mercados", asseverou Luís Cláudio, anunciando que todas as ações administrativas estão focadas para que a agroindústria inicie atividades já com o Selo de Inspeção Federal (SIF), garantindo liberdade de comercialização em todo o território nacional.

O projeto conta com o apoio total da Emater e na reunião estavam presentes o zootecnista Maicon Lennon e o gerente da Emater em Jaci, Dilmar Elias, o administrador de União Bandeirantes, Mário de Oliveira, além de outros técnicos ligados ao setor.

"Nós vamos continuar com o ciclo de reuniões e agradecemos a acolhida dos produtores dessa comunidade. Precisamos trabalhar dessa maneira consciente e segura, para que tudo tenha resultados positivos, disse Francisco Evaldo, acrescentando que se trata de um processo à longo prazo. O início das obras do laticínio está previsto para fevereiro do ano que vem.

Fonte: 015 - Comdecom

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/semagric+viabiliza+implantacao+de+laticinio+em+jaci+parana/136365

News Rondônia