Terça-Feira, 28 de Maio de 2019 - 17:38 (Educação)

L
LIVRE

IDENTIFICAÇÃO DE ALUNOS COM ALTAS HABILIDADES SÃO FOCO NA FORMAÇÃO EM ROBÓTICA DA SEDUC

Para implantar o projeto, o governo adquiriu e distribuiu 40 kits de robótica para equipar as salas de recursos multifuncionais de 19 escolas da rede estadual em 15 municípios.

Com a finalidade de reconhecer e incentivar alunos com superdotação e altas habilidades da rede pública de ensino, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realiza nesta terça-feira (28), seguindo até a próxima quinta-feira (30), o curso de formação para professores que atuam no projeto de robótica educacional.

O curso objetiva capacitar os professores de sala de recursos multifuncionais das escolas contempladas com kits de robótica, munindo-os com conhecimento quanto ao manuseio adequado dos materiais e da utilização da metodologia do projeto.

A Seduc implantou o Projeto de Educação Tecnológica na área de robótica em salas de recursos multifuncional com o objetivo de implementar o enriquecimento curricular para os alunos que demonstram interesse e habilidades na área tecnológica.

Para implantar o projeto, o governo adquiriu e distribuiu 40 kits de robótica para equipar as salas de recursos multifuncionais de 19 escolas da rede estadual em 15 municípios.

O secretário de Educação, Suamy Vivecananda, destacou que a capacitação em robótica aos profissionais da educação busca descentralizar as ações aproximando ainda mais o profissional do aluno. “É preciso formação, pois temos 458 alunos com superdotação em Rondônia e que necessitam de atenção especial”.

De acordo com um dos ministrantes do curso, Mateus Alves da Silva, a intenção é construir o conhecimento junto com os professores, pois “aqui ninguém é dono do conhecimento”. Para Mateus, o objetivo é que os professores “concluam a formação com uma base para instruir seus alunos lá na sala de recursos” destacou o instrutor.

Abertura do evento contou com a presença do secretário Suamy e da diretora geral de educação Irany Oliveira

Para ele, o treinamento é importante porque “robótica é o presente construindo profissionais para o futuro. Assim, estamos preparando nossos alunos para o mercado de trabalho” finalizou Mateus enfatizando a importância da inserção dos alunos à tecnologia.

A chefe do núcleo de educação especial, Heluizia Patricia Laro, destacou que nos três dias de capacitação com os professores serão ensinados meios para descobrir quais são os alunos com altas habilidades e superdotação e, a partir desta avaliação eles irão trabalhar com robótica.

A professora Áurea Oliveira Rocha Fernandes, da Escola Jerris Adriani Turatti, de Espigão do Oeste ressaltou a importância da formação dos professores para que estes possam atuar com os alunos para que desenvolvam suas habilidades e competências.

A escola em que atua possui projetos com professores de matemática e pedagogos com trabalho de parceira com turmas de 6º ao 9º ano. Segundo ela há crianças com habilidade de montar e desmontar, mas outras têm dificuldade de interpretação de texto.

Áurea destaca que as crianças, mesmo com facilidade de montar,que possuem dificuldades de coerência e sequência lógica recebem orientação específica. “Este projeto ensina a criança a interpretar, ler escrever, e pesquisar, usar o computador e a internet, que é o alvo maior e o desafio que aos poucos vamos conseguindo os resultados”.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/identificacao+de+alunos+com+altas+habilidades+sao+foco+na+formacao+em+robotica+da+seduc/130785

News Rondônia