Segunda-Feira, 25 de Março de 2019 - 10:09 (Colaboradores)

L
LIVRE

JOGO DE ESTRATÉGIA - POR CARLOS SPERANÇA

Assim como Bolsonaro esta “despetizando”, o governo central, Hildon Chaves estaria “desxpeditizando” sua administração?

Os baldes do general

Somando-se acúmulo de maus sinais que vêm desde pressões “ultraliberais” contra a Zona Franca, o desmonte de 7 portos amazônicos, denunciado pelo deputado federal Marcelo Ramos (PR), instala um enorme ruído extra nas relações entre a região e o novo governo.

O descuido com a manutenção dos portos afeta a vida das comunidades humildes do interior, que voltam “a atracar no barranco”, segundo Ramos. Sem poupar outros burocratas do governo, ele mira, sobretudo o ministério da Infraestrutura acusado de excluir a BR-319 das prioridades.

Bombeiro-mor da República, o vice-presidente, general Hamilton Mourão, jogou sucessivos baldes de água fria sobre os arroubos radicais do governo Bolsonaro, como na ofensiva contra a Venezuela, na questão da embaixada do Brasil em Israel, que prejudicaria as relações do agronegócio brasileiro com os países árabes, além de atritos com a China, nosso principal cliente, que estaria pretendendo “comprar o Brasil”.

Como em resposta às queixas contra o desprestígio que a região passou a ter por parte de Brasília, o general Mourão fará na Federação das Indústrias do Amazonas palestra sobre sua importância estratégica. Filho de amazonense, Mourão não só conhece como também trabalhou na região. Pelo visto, os baldes novamente estarão cheios.

Jogo de estratégia

No jogo de estratégia do projeto de reeleição do prefeito Hildon Chaves (PSDB) já é possível constatar o afastamento de importantes secretários ligados ao ex-senador Expedito Junior, apontado como dono de grande reejeição na capital.

Assim como Bolsonaro esta “despetizando”, o governo central, Hildon Chaves estaria “desxpeditizando” sua administração?

Base de apoio

O prefeito também esta unificando sua base vitoriosa da eleição passada, até seu vice Edgar do Boi (PSDC) – e sua lingua ferina – já foi domesticado. Uma base suprapartidária, com mais de uma duzia de agremiações já esta montada para o projeto de reeleição e com ela uma nova disposição do alcaide para enfrentar o desafio. Entusiasmado, ele esta indo a luta.

Novo cenário

E um novo cenário – com novos personagens – esta surgindo na peleja da sucessão municipal em Porto Velho. Além de um prefeito decidido a não entregar a rapadura para a oposição, outros postulantes ao Paço Tancredo Neves estão surgindo. Um deles é a vereadora Elis Regina que já tem convites de tres partidos para sair do PC do B e encarar a disputa eleitoral do ano que vem.

Construção civil

Com o lançametno de novos projetos, a construção civil começa a dar sinais de reação em Porto Velho depois de quatro anos seguidos de despenhadeiro. Pelo menos cinco novos edificios de apartamenos e loteamentos estão sendo comercializados e outros tantos lançados, mostrando pela primeira vez uma melhora no mercado imobiliário – também no campo de vendas.

Tapas e beijos

O presidente Jair Bolsonaro sofre com as mesmas dificuldades do governador Marcos Rocha em Rondônia, que é a falta de dialogo com o Legislativo. Tudo pecisa começar com um ministro, no caso de Bolsonaro e de um secretário mo caso de Rocha, mais experientes – cascudos mesmo – na politica para funcionar como interlocutores com o Legislativo. Sem isto, Bolsonaro e Marcos Rocha estarão fadados a tapas e beijos indefinidamente com a classe política.

Via Direta

*** A população de Porto Velho segue com o martirio da falta de eficiência do sistema de transportes coletivos *** Uma nova empresa esta surgindo para reabilitar a concessão que era tão disputada em anos passados *** Dividido em dois grupos, os irmãos Gonçalves tem uma fatia saudavel ampliando os negócios e outra afundando já fechando cinco unidades na capital rondoniense *** Um dos desafios do próximo prefeito será a geração de empregos. A população jovem cresce sem expectativas nestas bandas.

Fonte: NewsRondônia

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/jogo+de+estrategia+por+carlos+speranca/127194

News Rondônia