Sexta-Feira, 08 de Maro de 2019 - 11:26 (Eventos)

L
LIVRE

DIA INTERNACIONAL DA MULHER MARCADO POR PROTESTOS CONTRA FEMINICDIO NO PAS E NO MUNDO

A data sempre marcada por protestos em todo o mundo, assim como no Brasil.

Nesta sexta-feira (8) é celebrado o Dia Internacional da Mulher, data em que são feitos diversas manifestações pelos direitos da mulher, bem como a comemoração por direitos adquiridos ao longo dos anos.

A data sempre é marcada por protestos em todo o mundo, assim como no Brasil. Mulheres invadem as ruas a fim de protestar contra injustiças que elas sofrem apenas pelo fato de ser mulher, bem como a luta de direitos que elas buscam incessantemente a cada dia, não somente nesta data.

Um dos municípios brasileiros que exemplificam esse protesto é Crato, no Ceará. Cerca de 300 pessoas se reuniram na frente da prefeitura da cidade, que fica na Região do Cariri, na manhã desta sexta-feira, para realizarem a Marcha das Mulheres do Cariri. O ato, que foi organizado pelo sindicato dos servidores da cidade andou pelas principais ruas e avenidas do município. Pessoas de cidades vizinhas também participaram do ato.

As mulheres estavam com cartazes e faixas pedindo pelo fim do feminicídio e pelo apoio aos direitos dentro da sociedade. As últimas vítimas desse tipo de crime foram lembradas, como é o caso da professora Silvany Inácio de Souza, de 25 anos, que foi morta na Praça da Sé ano passado pelo ex-companheiro que não aceitava o fim do relacionamento.

Sua mãe, Dona Cícera, escreveu um texto homenageando a filha e a todas as mulheres que sofrem esse tipo de violência. Outras duas mulheres foram assassinadas nos últimos seis meses em Crato, pelo mesmo tipo de crime.

Já em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, haverá protestos em três locais diferentes: no Centro, na Praça da Estação e na praça Raul Soares. Depois irão se reunir na Praça 7, no qual será lido um manifesto.

Em Manaus os protestos acontecem em seis locares diferentes do centro da capital. Os assuntos abordados serão violência contra a mulher, educação, reforma da Previdência, saúde e reforma trabalhista.

Protestos pelo mundo

Houve protestos também em outras partes do mundo, como em Israel no conhecido Muro das Lamentações. No Quênia pelas ruas de Nairobi, país este que tem pouquíssimas manifestações desse tipo. Nas Filipinas mulheres foram protestar contra políticas neoliberais e macho-facistas. Já em Hong Kong mulheres protestaram por melhores condições de trabalho. Outros países que tiveram protestos foram Itália, Afeganistão, Ucrânia, Índia e Coreia do Sul.

Fonte: 030 - 1news

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/dia+internacional+da+mulher+e+marcado+por+protestos+contra+feminicidio+no+pais+e+no+mundo/126268

News Rondnia