Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019 - 14:42 (Agronegocios)

L
LIVRE

IDARON CADASTRA PRODUTORES DE SOJA DE RONDNIA PARA GARANTIR PLANTIO SAUDVEL

Soja um dos pilares da economia em Rondnia

Agência de Defesa Sanitária Agosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) está realizando o cadastro para produtores de soja – safrinha de 2019.  De acordo com a gerente de Inspeção e Defesa Sanitária Vegetal da Agência Idaron, engenheira agrônoma Rachel Barbosa, a soja é uma lavoura que tem incidência de uma doença chamada ferrugem asiática.  Rondônia trabalha no controle dessa doença através de medidas legislativas com obrigações.

O cadastro da safrinha de soja ocorre no período de 1 de fevereiro a 30 de março de cada safra agrícola, esse cuidado possibilita a Idaron saber quem cultiva, cadastro do produtor e o cadastro da área que vai ser cultivada. Segundo Rachel, existe um período de vazio da soja de 90 dias, começa em 15 de junho até 15 de setembro, e nessa época não poderá ser feito plantio.

É importante o cadastramento, o qual possibilita delimitar as áreas que possuem o cultivo de soja e permite que a Idaron possa acompanhar a ocorrência de pragas, em especial a ferrugem asiática", disse Rachel Barbosa.

A fiscalização é feita para ter a certeza que a próxima safra tenha menor incidência de pragas. O plantio de safrinha aumenta a presença de planta viva de soja, que é a ponte para ocorrência dessa praga logo no início da próxima safra, e vem com mais força causando mais prejuízos para o produtor.

Segundo o presidente da Idaron, Júlio César Rocha Peres, Rondônia é exportador de soja, “daqui o nosso produto vai para vários estados do País. Além do Brasil, a soja segue para o Egito, Arábia Saudita, Irã, entre outros. Queremos que os nossos produtores tenham garantia e segurança de que irão colher um produto sem riscos, prejuízos e contaminação. A ferrugem asiática é eliminada no período vazio da plantação, por isso a importância do cadastro para acompanhar e assegurar uma colheita com rentabilidade e lucro para o produtor rondoniense das áreas de safrinhas sem qualquer tipo de doença, ” ressaltou Júlio César.

No estado são cerca de 1.200 produtores de soja e todos precisam fazer o cadastramento, esse cadastro é para a proteção do próprio investimento da lavoura do produtor, com maior controle. Após o cadastramento a Idaron fará fiscalização na área do plantio.

Para realizar o cadastramento é necessário que o produtor compareça a qualquer Agência Idaron no estado no prazo determinado.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondnia

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/idaron+cadastra+produtores+de+soja+de+rondonia+para+garantir+plantio+saudavel/124539

News Rondnia