Colunista

Papo Rosa Choque, por Nina Lee Magalhes - Se escrevo o que sinto porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso no tem importncia, pois nada tem importncia. Fao paisagens com o que sinto. Escrever deve ser uma necessidade, como o mar precisa das tempestades - a isto que eu chamo respirar. Fragmentos da alma! Papo Rosa Choque!

Colunas