Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017 - 17:24 (Geral)

L
LIVRE

SEMAGRIC VAI DOAR ALEVINOS PARA FAZENDA ONDE APENADOS TRABALHAM

Subsecretário da Semagric conheceu de perto o projeto da Fazenda Futuro, em Porto Velho


Imprimir página

O subsecretário municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric) Francisco Evaldo de Lima, foi conhecer de perto o projeto da Fazenda Futuro que está em funcionamento há seis anos em Porto Velho, numa área de 309 hectares doada pela União ao Estado de Rondônia, ao lado da Colônia Agrícola Penal Ênio Pinheiro, na capital. A Fazenda Futuro é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Justiça (Sejus), cujo modelo veio dos Estados Unidos, trazido pelo governador Confúcio Moura.

De acordo com coordenador da fazenda, tenente Bianor Maia, cerca de 70 apenados trabalham na fazenda. “É uma forma de incentivar a ressocialização, garantido aos reeducandos do sistema prisional uma espécie de liberdade vigiada. Aqui eles se sentem úteis aprendendo novas técnicas de cultivos, trabalham com plantio de diversas espécies alimentícias, gerando renda e a remissão da pena”, destacou Bianor.

A Semagric construiu quatro tanques de peixe na fazenda, e o subsecretário Evaldo ficou de ajudar com doação de alevinos, após a aprovação da licença ambiental e da licitação e liberação junto a Secretaria Estadual de Licitações -Supel, para a distribuição dos alevinos nos tanques. A previsão após essa etapa e que com oito meses os peixes possam ser retirados para consumo e venda.

Evaldo observou de perto também a compostagem orgânica que está sendo feita no jardim clonal, onde serão produzidas mudas de cacau e banana para serem doadas a projetos do governo após o período de um a dois anos, quando o normal são quatro anos.

Eles também trabalham na produção de 300 mudas de pupunha, 1.500 de açaí, 600 de cacau comum para fazer enxerto com o clonal, 300 de graviola, 300 de murici, 100 pés de abacaxi, 300 de maracujá, dois mil de pupunha (em germinação), 200 de inhame e 300 de milho.

Fonte: 010 - Semagric

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias