Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017 - 12:53 (Política)

L
LIVRE

PROJETO ‘SOU CONECTADO’ PREVÊ INSTALAÇÃO DE TORRES DE CELULAR E INTERNET EM COMUNIDADES DE GUAJARÁ-MIRIM

Dr. Neidson destinou emenda parlamentar de mais de R$ 780 mil para Amadsur providenciar implantação das antenas


Imprimir página

Na última semana, o deputado Dr. Neidson (PMN) participou de uma reunião com o secretário de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão, George Braga, técnicos do governo estadual e lideranças de Guajará-Mirim. O encontro serviu para as autoridades discutirem o projeto ‘Sou Conectado’.

A proposta visa à aquisição e implantação de sistema de telefonia móvel e internet nas comunidades indígenas e ribeirinhas ao longo dos rios Guaporé e Mamoré, na região de Guajará-Mirim.

Dr. Neidson destinou mais de R$ 780 mil de emenda parlamentar de sua autoria para viabilizar o projeto elaborado pela Associação dos Moradores e Agricultores do Distrito de Surpresa (Amadsur).

“Serão instaladas antenas de Guajará-Mirim até a Baía das Onças. O recurso será encaminhado a Amadsur que fará a implantação das torres para a receptação do sinal via satélite. Será uma revolução em Rondônia”, explicou o deputado.

O parlamentar citou algumas das comunidades indígenas e ribeirinhas que serão beneficiadas com a chegada do sinal de internet e celular, entre as quais, Tanajura, Deolinda, Sotério, Ricardo Franco, Surpresa e Baía das Onças.

Segundo Dr. Neidson, a expectativa é a de que o projeto ‘Sou Conectado’ seja o pontapé inicial para estender a instalação das antenas a todas as regiões do Estado ainda sem cobertura. “E que outros Estados também possam copiar esse importante projeto, que trará avanços para Rondônia”, ressaltou o parlamentar.

O secretário da Sepog, George Braga explicou que o projeto, inicialmente, atenderá as regiões mais distantes da Amazônia como as comunidades quilombolas, reservas e as áreas indígenas. “De fato é um projeto maravilhoso e que, sem dúvidas, além de todos os benefícios oferecidos pela internet e telefonia celular, também salvará vidas”, destacou o secretário.

Fonte: 010 - assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias