PORTO VELHO: NOVOS CONSELHEIROS TUTELARES TOMAM POSSE PARA MANDATO DE TRÊS ANOS - News Rondônia A humanidade não caminha em busca de respostas, mas da pergunta. Sejam bem-vindos à casa”, completou.

Porto Velho,

Segunda-Feira , 24 de Outubro de 2011 - 11:55 - Geral


 

PORTO VELHO: NOVOS CONSELHEIROS TUTELARES TOMAM POSSE PARA MANDATO DE TRÊS ANOS

A humanidade não caminha em busca de respostas, mas da pergunta. Sejam bem-vindos à casa”, completou.

ImprimirImprimir página

Os cinco novos conselheiros tutelares, bem como os cinco suplentes da 1ª região de Porto Velho foram empossados durante cerimônia ocorrida na noite de sexta-feira, dia 21, no auditório do Projeto Fênix, na Rua Geraldo Ferreira, no bairro Jardim das Mangueiras, mesmo endereço onde ocorreu a contagem dos votos que definiu os eleitos, há duas semanas.

A secretária municipal de Assistência Social, Benedita Nascimento, apontou a relação de parceria e respeito que a prefeitura vem mantendo com o Conselho Tutelar nos últimos sete anos, e lembrou que na atual gestão municipal foi instalada a maioria dos atuais conselhos representativos, como o da Criança e Adolescente, Idoso, Portadores de Deficiência e Juventude. “A descentralização do poder é um dos princípios básicos desta administração. O desafio de se fazer uma cidade melhor é para todos nós, e não somente para o poder público”, enfatizou. Para Benedita, no entanto, a sociedade ainda precisa reconhecer o Conselho Tutelar como um instrumento de garantia dos direitos de crianças e adolescentes.

O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Gabriel Moura, lembrou as dificuldades enfrentadas durante as etapas de realização da eleição, e sugeriu aos novos conselheiros uma postura durante o trabalho que coloque as crianças e adolescentes como prioridade absoluta.

O promotor público da Vara da Infância e Adolescente de Porto Velho, Marcos Valério Tessila, lembrou aos empossados dos problemas e dificuldades que irão enfrentar na nova função. “Para solucioná-los será preciso compreender onde está inserido o contexto do problema”, salientou, explicando que crianças e adolescentes compõem cerca de um terço da população da Capital.

“Quando superarem um problema, haverá outro em seguida. A humanidade não caminha em busca de respostas, mas da pergunta. Sejam bem-vindos à casa”, completou.

Embate saudável

O juiz da vara da Infância e Adolescência, Dalmo de Castro Bezerra, fez questão de enfatizar aos presentes que os governos são feitos de leis, e não de homens. “Temos uma legislação a obedecer”, disse. Para ele, o chamado embate saudável engrandece o trabalho dos conselheiros. “Mas temos muito o que caminhar ainda. Ninguém trabalha sozinho”, completou.

A presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares de Rondônia, Rosilene Maria da Silva, que já exerceu a função em Porto Velho por dois mandatos, lembrou os novos agentes de que haverá momentos de embate com o poder público. Mas fez questão de enfatizar sobre a postura que se espera dos conselheiros. “Só vai se importar com a criança e o adolescente quem amar”, disse.

Juramento

A dona de casa Francisca Oliveira da Silva, a Chiquinha, representou os novos conselheiros como oradora durante a cerimônia. Chiquinha também leu o juramento do conselheiro, repetido pelos colegas recém-empossados, onde prometeu lealdade, ética e responsabilidade na função. Além dela, também foram empossados no Conselho Tutelar Edeilson Vieira Pimentel, conhecido como “Professor DJ”, Ana Claudia Cardoso, Irlan Alves da Cruz, e Macson de Moura Diógenes.

A 1ª região do Conselho Tutelar abrange a área central da cidade, além da Zona Sul, parte da Zona Norte e também os distritos do Baixo Madeira, correspondendo a cerca de 40% da população da Capital. Todos os 16 candidatos que concorreram ao cargo foram submetidos antes da eleição a um teste escrito de conhecimentos sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente. Além disso, também precisaram comprovar alguma experiência na área em trabalho envolvendo crianças e adolescentes, como Ongs e entidades governamentais. Em março de 2012 deverá ocorrer a eleição para definir os novos conselheiros da 2ª região do Conselho Tutelar em Porto Velho.

Por Robinson Gambôa
Fotos Quintela                          

Fonte: Assessoria

Comentários do Facebook

Comentários

Enviar comentário

Veja Também