Sexta-Feira, 17 de Agosto de 2018 - 18:49 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: PREVENIR É MELHOR QUE REMEDIAR

O TCE agiu preventivamente desde a época de fechamento do BERON. Fez recomendações e emitiu sinais de que havia algo errado na condução do negócio, o que se constatou mais tarde.


Imprimir página

FRASE DO DIA:

“99% de quem vota em Bolsonaro não está nem aí para mim. Querem ordem. Eu não me atribuo grande importância porque ele já existia quando eu cheguei.” – Paulo Guedes, guru econômico de Luciano Huck e agora do Bolsonaro.

1-Prevenir é melhor que remediar I

O TCE emitiu recomendação já aceita pela Prefeitura Municipal de Porto Velho sobre a polêmica contratação das OSs “...cabe ao poder público demonstrar o nexo de causalidade e não a mera conveniência da transferência do serviço público de saúde para a iniciativa privada, garantindo a economicidade e eficiência, com transparência dos serviços e prevenção de fraudes na gestão”, consta em parte da notificação.

A crise da saúde foi em parte contornada, a pressão é menor e o o foco deve ser o cidadão, arts. 196 a 200 da constituição. Ao propor alteração na portaria que criou a comissão o TCE mostra afinidade com a Prefeitura e abre a oportunidade para construir soluções melhores e democráticas. Baixe o aplicativo do TCE e Opine aí.

2-Prevenir é melhor que remediar II

O TCE agiu preventivamente desde a época de fechamento do BERON. Fez recomendações e emitiu sinais de que havia algo errado na condução do negócio, o que se constatou mais tarde. O conselheiro, Valdivino Crispim, efetuou vários trabalhos, estudou minuciosamente os documentos do processo, emitiu relatórios e apontou o imbróglio que ocorre hoje.

É do Banco Central. A parte que nos cabe neste latifúndio são os sete palmos de terra onde a União tenta nos enterrar junto com a nossa irresignação.       

3-Baboseira internacional

O Comitê de Direitos Humanos da ONU enfiou uma recomendação na goela do Brasil: ''Estando o caso do autor (Lula) sob consideração do Comitê de acordo com a regra 92 do regulamento, o Comitê solicita que o Estado (Brasil) tome todas as medidas necessárias para assegurar que o autor goze e exerça seus direitos políticos enquanto estiver na prisão, como candidato às eleições presidenciais de 2018, incluindo o acesso apropriado à mídia e aos membros de seu partido político; e também para não impedir que o autor se candidate...” e segue com o blá, blá, blá. Sabe o que isso significa? Nadica de nada. Quem decide sobre a execução penal é a justiça brasileira.  

4-Listão de candidatos

Tudo pronto. Registros feitos como manda a lei só aguardando a confirmação pelo TRE-RO, mas já podem oficialmente pedir votos ao eleitor. Nove candidatos a governador com seus respectivos vices, dezesseis candidatos disputam duas vagas ao senado com seus respectivos 32 suplentes – primeiro e segundo – formando a eleição majoritária.

Na eleição proporcional são 106 candidatos buscando as 8 vagas de deputado federal e lutando pelas 24 cadeiras da Assembléia Legislativa 397 candidatos. Clicando aqui você acessa todas as listas com todos os nomes. Boa sorte!

5-Para descontrair

O homem forte do candidato Bolsonaro, encarregado de preparar um programa de governo já foi guru do Luciano Huck. Luciano escapou, mas Paulo Guedes colou no Bolsonaro e como o capitão pouco entende de economia, saúde, educação, etc., Paulo Guedes virou socorro 24 hs, o faz tudo ou o Derico do Jô, um assessor para assuntos aleatórios.

E os adversários não perdoam, se perguntar qualquer coisa a Bolsonaro aparece o Guedes. É o “Posto Ipiranga” do Bolsonaro.

leoladeia@hotmail.com

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias