Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 - 18:02 (Internacional)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

PAIS QUE ESTUPRAVAM FILHA ALEGAM: 'MELHOR NÓS DO QUE UM MANÍACO'

O pai, que não teve o nome divulgado, é acusado de estuprar a menina, muitas vezes com a mãe na mesma cama.


Imprimir página

Rússia - Um pai e uma mãe são acusados de abusar sexualmente da própria filha de 12 anos repetidamente. O casal, ambos com 35 anos, enfrentam um julgamento por pedofilia depois que eles transformaram a filha em "escrava sexual", de acordo com a polícia.

Segundo o Metro Reino Unido, eles foram presos preventivamente em Volgograd, na Rússia, e podem ser condenados a até 20 anos de prisão.

A menina era submetida a frequentes abusos sexuais desde dezembro de 2016. O pai, que não teve o nome divulgado, é acusado de estuprar a menina, muitas vezes com a mãe na mesma cama.

A violência ocorria a cada dois dias e a progenitora é acusada de "torturar sexualmente" a criança com um vibrador.

A mãe disse à polícia que ela foi estuprada quando tinha 13 anos e que ela e seu marido concordaram em "treinar sua filha com antecedência para a vida adulta".

Ela contou a seus interrogadores: "Melhor nós do que algum maníaco". Os supostos crimes foram descobertos quando um médico identificou problemas com os ciclos menstruais da criança e descobriu que ela já não era mais virgem.

A menina então tomou coragem e contou aos investigadores sobre os abusos sexuais que sofria. O casal confessou o crime.

Fonte: 012 - metro jornal

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias