Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017 - 11:24 (Eventos)

L
LIVRE

O SHOW DO JACINTO MANTO

O Pastor Jacinto Manto faz do palco uma igreja extremamente animada, onde ele conta com muito humor sobre o inigualável cotidiano de um crente Pentecostal, isso mesmo, ele conta como o meio gospel pode ser algo extremamente agradável e encontra graça em suas particularidades.


Imprimir página

Cristãos e não cristãos afirmam que é um espetáculo diferente de tudo o que você já viu. É hora de esquecer os problemas, dar muita risada e "entrar no manto" com o querido Pastor Jacinto Manto, interpretado por Vini Rodrigues.

O Pastor Jacinto Manto faz do palco uma igreja extremamente animada, onde ele conta com muito humor sobre o inigualável cotidiano de um crente Pentecostal, isso mesmo, ele conta como o meio gospel pode ser algo extremamente agradável e encontra graça em suas particularidades. O Show conta também com o "Campeonato de cantadas Pentecostais", onde Vini ensina com muita descontração como são as cantadas dos solteiros nas igrejas, e finaliza a apresentação com uma mensagem de motivação, superação e conta como Deus usou o humor para mudar sua vida.

O Canal To solto

De uma forma completamente diferenciada o canal “Tô Solto” comandado pelo incrível comediante cristão Vini Rodrigues. Diferente de todos os canais de internet que temos por aí, Vini interpreta no seu canal o Pastor Jacinto Manto, um pastor pentecostal e descontraído que conquistou uma multidão de seguidores pelo seu jeito bem-humorado e engraçado de passar a sua mensagem diretamente ligada ao cotidiano de jovens cristãos. 

Sobre Vini Rodrigues

Esse jovem paulista, de família humilde, convertido há quase dez anos e de origem assembleiana, tem alcançado vidas e levado o Reino de Deus de uma forma diferente, mostrando que o nome de Cristo pode ser relacionado à alegria e provando que Deus pode mudar a vida de quem nele confia. Vini já tem se apresentado em diversas igrejas por todo Brasil e grandes teatros, ganhando o carisma e respeito de  muitos jovens e líderes religioso. 

Fonte: assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias