Sexta-Feira, 20 de Outubro de 2017 - 12:24 (Geral)

L
LIVRE

COSMÉTICOS DE BASE FLORESTAL: PODE SER UM BOM NEGÓCIO

Renda com sustentabilidade


Imprimir página

Nos dias 18 e 19 de outubro foi realizado o VII Seminário de Cosméticos de Base Florestal da Amazônia no auditório do Sebrae em Porto Velho. Quarenta participantes dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima tiveram conhecimento da utilização da biodiversidade para fins cosméticos e da oportunidade de se investir nas atividades desse mercado diferenciado.

“Os empresários e comunidades que vivem da biodiversidade precisam estar conscientes que a coesão é a melhor estratégia para esse nicho de mercado permanecer forte”. Com essas palavras, Valdemar Camata Junior, diretor-superintendente do Sebrae em Rondônia, fez a abertura do evento que contou com o diretor-técnico Samuel Almeida e gestores dos estados da Amazônia que trabalham com negócios sustentáveis na cadeia produtiva dos cosméticos com insumos amazônicos. Cada Sebrae é responsável pela disseminação das informações em seminários regionais e mobilização de empreendedores, comunidades extrativistas e parceiros.

Este seminário foi a última etapa regional de um projeto estruturante que abrange técnicas e gestão na atividade. Os resultados dessa trajetória de realizações serão apresentados em sua edição de conclusão no Sebrae Nacional em Brasília. Depois disso, os estados da Amazônia desenvolverão seus projetos localizados, valendo-se do aprendizado adquirido com o projeto estruturante. Cada projeto contará com um grupo de consultores especializados, que realizará o acompanhamento da produção do material. O projeto tem a parceria de várias instituições locais para viabilizar as ações.

O VII Seminário teve apresentações de projetos de Rondônia como o Reflorestamento Econômico Consorciado Adensado (Reca) do distrito de Nova Califórnia, Porto Velho, e a indústria Inovam de Ji-Paraná, que exporta castanhas brasileiras. As dificuldades enfrentadas nas empresas da região Norte foram relatadas em uma mesa-redonda sobre a produção de cosméticos com matérias-primas florestais. Na quinta-feira, 19 de outubro, os gestores se reuniram para abordar os aspectos necessários para a apresentação que será realizada no Sebrae Nacional.

Em Rondônia, o seminário permitiu a geração de conhecimento técnico e foi importante no repasse de experiências para quem faz extração dos materiais para fabricação de cosméticos diversos.

Fonte: 010 - Mário Antônio Veronese Varanda

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias