Sexta-Feira, 11 de Agosto de 2017 - 12:19 (Vagas de Emprego)

L
LIVRE

CONCURSO: CONFIRA OS LOCAIS DO EXAME DO PROGRAMA DE PRESTAÇÃO VOLUNTÁRIA QUE ACONTECE NESTE DOMINGO

Ao todo, são 6.733 candidatos incritos, destes 58 são pessoas portadoras de necessidades especiais.


Imprimir página

Os candidatos que vão fazer a prova do Programa de Prestação Voluntária de Serviço Administrativo (PPVSA) neste domingo (13) precisam ficar atento ao horário de abertura e fechamento dos portões. Os inscritos poderão acessar os locais de prova a partir das 13h e os portões serão fechados às 13h50, no horário local.

Ao todo, são 6.733 candidatos incritos, destes 58 são pessoas portadoras de necessidades especiais. A avaliação terá duração de quatro horas e serão realizadas nas cidades de Porto Velho, Ariquemes, Guajará- Mirim, Vilhena, Cacoal e Ji-Paraná. A consulta das 13 escolas estão disponíveis:

CLICK -  aqui.

 

Os 200 aprovados no processo seletivo irão atuar nas atividades relacionadas ao videomonitoramento, call center 190, atendimento ao público e em algumas unidades e serviços administrativas, como arquivamento e produção de documentos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Além da prova objetiva, serão realizados exame médico. Os selecionados para os cargos disponíveis irão receber uma remuneração 1.288,00 Se o contrato for estendido por mais um ano será acrescido de mais R$ 200,00.

As provas começam às 14h e o candidato deve levar um documento de identidade original, como RG e CNH, por exemplo e caneta esferográfica preta ou azul.

“Os gabaritos oficiais das questões objetivas serão divulgados pela banca no dia 14 de agosto. Os candidatos terão dois dias a partir da data de divulgação do gabarito para entrar com interposição de recurso sobre a questão objetiva da prova teórica. Os resultados dos convocados para a segunda etapa serão apresentados posteriormente”, esclareceu o gerente de Integração Policial e Fronteiras da Sesdec, coronel André Luiz Glanert.

Sobre a atuação do efetivo da Polícia Militar nas diversas funções para a realização da prova explica Glanert, ao todo serão empregados 700 policiais entre militares e bombeiros. “Disponibilizamos um efetivo considerado para esse fim, que é de promover a segurança das provas e também dos candidatos”, frisou o coronel.

Fonte: 010 - SECOM/GOV-RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias

Http://www.Auto-doc.pt