CASO NAIARA: ASSASSINO É PRESO E CONFESSA O CRIME - News Rondônia O vigilante Marco Antônio Chaves, de 40 anos, está preso. Ele é o principal suspeito de ter estuprado e assassinado a universitária de 18 anos, Naiara Karine, em janeiro deste ano.

Porto Velho,

Quarta-Feira , 17 de Julho de 2013 - 10:43 - Polícia


 

CASO NAIARA: ASSASSINO É PRESO E CONFESSA O CRIME

O vigilante Marco Antônio Chaves, de 40 anos, está preso. Ele é o principal suspeito de ter estuprado e assassinado a universitária de 18 anos, Naiara Karine, em janeiro deste ano.

ImprimirImprimir página

O crime chocou a sociedade pela violência desmedida. A universitária de 18 anos, Naiara Karine, foi assassinada no dia 24 de janeiro de 2013. O corpo da jovem foi encontrado numa área da zona rural de Porto Velho, com mais de 20 golpes de faca e, segundo as investigações, ela também sofreu violência sexual.

A prisão aconteceu durante a manhã de terça-feira (16), Marco Antônio Chaves da Silva,  40 anos, foi encontrado numa casa, em Porto Velho. Com ele a polícia encontrou vários objetos, entre eles, a cueca utilizada pelo assassino no dia do crime, canivetes,  CDs pornográficos,  câmeras filmadoras e preservativos. Marco Antônio é casado e tem um filho, quando praticou o crime, trabalhava em uma empresa de vigilância. O delegado executivo, Osmar Caza, confirma a participação do acusado no crime. "Tivemos vários meses de investigação e agora está preso quem efetivamente participou do crime".

Quem está a frente do caso é o delegado Nestor Romanzini, e como o inquérito não foi concluído,  ele evita passar maiores detalhes sobre o caso, para não atrapalhar nas investigações. Tudo indica que outros envolvidos devem ser presos nos próximos dias. "Adiantamos algumas informações para mostrar a população que o caso Naiara está quase solucionado".

O Secretário de Segurança Pública, Marcelo Bessa, disse, durante entrevista coletiva à imprensa, que o acusado fez várias revelações,  além dos fatos que ele não teria como negar, pois a polícia tem provas materiais e periciais. "São provas muito contundentes, ele chegou a filmar a ação criminosa".

Fonte: Karina Quadros -News Rondônia

Comentários do Facebook

Comentários

Enviar comentário

Veja Também

Publicidade