Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017 - 07:43 (Colaboradores)

L
LIVRE

A JUSTIÇA ABSOLVE TODOS NO CASO DO TRIPLEX. CADÊ A NOTÍCIA NA MÍDIA?

Apenas os sites ligados ao PT e a CUT, como um tal “Brasil 247”, cuja somado dos números dá o 13 do PT, destacaram a notícia.


Imprimir página

Dessa vez a grande mídia ignorou a verdade, porque ela não lhe apeteceu! O G1 São Paulo chegou a noticiar, mas fazendo questão de excluir o nome dele entre os livres da acusação. Todo o noticiário que denunciou que o ex Presidente Lula era dono de um apartamento triplex no Guarujá, que mereceu páginas e páginas de jornais; centenas de notícias em sites e horas nas Televisões, continua sendo tratado como se fosse verdade por (quase) todos. Apenas os sites ligados ao PT e a CUT, como um tal “Brasil 247”, cuja somado dos números dá o 13 do PT, destacaram a notícia. Tanto Lula quanto outros 12 denunciados pelo Ministério Público, por terem, supostamente, algo a ver com o enredo do Triplex, estão livres da acusação, porque a juíza Maria Priscilla Veiga Oliveira, da 4ª Vara Criminal de São Paulo, arquivou a ação do Ministério Público. Sequer acatou a denúncia. A suposta corrupção envolvia a Construtora OAS e a Cooperativa Bancoop, no edifício em que o ex-presidente Lula é acusado de possuir um tríplex. A magistrada apontou "alegações vagas" e uma série de erros na denúncia de 102 páginas dos promotores Cássio Conserino, José Carlos Blat e Fernando Henrique Araújo, contra os acusados. Para denunciar, espaços e mais espaços. Para noticiar que a ação sequer foi acatada pelo Judiciário, aí quase zero de repercussão. Isso é fazer o bom e justo jornalismo?

A verdade é que a Justiça decidiu pela absolvição sumária (antes do julgamento do mérito) de todos os réus, incluindo o executivo José Aldemário Pinheiro, sócio da OAS, e o ex tesoureiro do PT João Vaccari Neto. Lula estava no pacote, mas a mídia, esperta, decidiu dar valor à outra informação; a de que as acusações contra ele, no mesmo processo, foram encaminhadas ao juiz Sérgio Moro. Como se isso eliminasse a decisão da Justiça paulista. Ora, será que Moro, depois da decisão que inocentou todos, ainda vai julgar Lula por um crime que, segundo a juíza Maria Priscilla, não tem comprovação alguma? É aquele negócio: noticiar, julgar, condenar e destruir reputações perante a opinião pública, aí é mole! Reconhecer que foi um erro, quando acusados são absolvidos, parece ser impossível. Na plena democracia, a última palavra é a da Justiça. E ela disse que o caso do triplex só há inocentes. Lula pode ter cometido muitos crimes (alguns ainda poderão ser comprovados). Mas, no caso do triplex, nesse ele e os demais acusados são inocentes. Ponto final.

INVENTANDO NOTÍCIAS

Na Lava Jato, além das delações premiadas, que ainda terão que ser provadas, o que está acontecendo é uma sucessão irresponsável de boatos, plantados aqui e ali, contra empresas, políticos e empresários. Uma das principais vítimas tem sido o senador Ivo Cassol, um dos políticos mais populares do Estado. Talvez por isso mesmo, pelo temor que ele representa para seus adversários, em futuras disputas eleitorais, se plantem tantas informações negativas contra ele. Ao ponto de Cassol ter que emitir nova nota oficial, protestando contra várias “notícias” inventadas. Entre elas, a de que teria vendido mais de 60 mil cabeças de gado e que uma viagem sua e de sua família aos Estados Unidos, anos atrás, teria sido bancada pela Odebrecht. O ex governador está sendo vítima de ataques desse tipo não só nas redes sociais, que tem se transformado em esgoto e podridão, mas, pior ainda, até em veículos de imprensa considerados sérios. Lamentável!

PROTEÇÃO ÀS ESCOLAS

O Núcleo de Polícia Comunitária já está presente em várias escolas de Porto Velho. A intenção não é só dar segurança, mas também aproximar a PM dos estudantes. Ser recebido por um policial na porta da escola, como aconteceu na Bela Vista, zona sul da Capital, esta semana, dá uma sensação de tranquilidade e paz no ambiente escolar, já que afasta  crianças e jovens da marginália e dos criminosos que vivem no entorno dos educandários, para roubar e assaltar. Nas redes sociais, a ação de um grupo de quatro policiais, recepcionando os alunos na poeta da escola, “bombou” essa semana. A equipe do 1º Batalhão, comandada pelo Sargento Dirane tem percorrido, junto com outros grupos de PMs, várias escolas de Porto Velho. É uma espécie de Patrulha Escolar, que tem conseguido resultados bastante positivos, diminuindo a violência dentro e fora dos educandários e afastando a bandidagem das salas de aula. A iniciativa merece aplauso.

O ESFORÇO VALEU A PENA!

Quem anda sorridente pelos corredores da Assembleia, é o deputado Dr. Neidson, de Guajará Mirim. E com razão. Finalmente, as obras da BR 425, que liga a cidade à BR 364 e ao resto do Brasil, com 120 quilômetros de extensão, está praticamente pronta. Tem que se dar crédito a todos os que batalharam pela rodovia, incluindo boa parte da bancada federal, mas com maior ênfase para a deputada Marinha Raupp, que muito se dedicou à obra. O senador Raupp e os demais senadores também. O Dr. Neidson batalhou muito na reta final da reconstrução  da rodovia, quando ela acabou paralisada pelo Dnit. Ele foi várias vezes a Brasília, pedir apoio de toda a bancada e ao próprio Dnit, correr atrás do reinício dos trabalhos. Tudo deu certo e, no final de junho ou início de julho, finalmente a 425 será inaugurada. Faltam menos de seis quilômetros para que tudo fique pronto. Enfim, Rondônia, até que enfim, verá uma obra de grande porte totalmente concluída e entregue à comunidade.

HERANÇA TERRÍVEL

Meados de abril e ainda as chuvas não pararam. Moradores de vários bairros de Porto Velho contam os dias para que o verão chegue de vez, porque imaginam que, então, a Prefeitura vai começar a resolver os graves problemas da cidade. Embora tenha trabalhado bastante, mesmo durante o período chuvoso, as secretarias municipais  conseguiram resolver muito pouco, pela forma em que a Capital foi abandonada nos últimos anos. Alagações, buraqueira, asfalto casca de ovo se desintegrando, sujeira, terrenos abandonados, tomados pelo mato, lixo e insetos, certamente precisarão de um esforço concentrado da equipe de Hildon Chaves, para, ao menos, conseguir amenizar a triste situação de praticamente todos os bairros. O Prefeito, que recém completou 100 dias de mandato, pegou uma herança terrível e terá que demonstrar toda a sua competência como gestor, para poder diminuir a intensidade do abandono em que Porto Velho se encontra. E tem que começar já!

BR 319, BATALHA PERDIDA?

Tomara que saia alguma solução prática e não fique só no discurso. No próximo dia 28, uma sexta-feira, o senador Acir Gurgacz comanda uma reunião da Comissão de Infra Estrutura do Senado, aqui em Porto Velho, na Câmara Municipal. Entre outras autoridades, também estará presente o senador amazonense Eduardo Braga. Dos temas principais, discussões serão direcionadas sobre as malfadadas e jamais concluídas obras da BR 319, que liga Porto Velho e Manaus. Gurgacz tem liderado ações sobre o assunto e inclusive esteve à frente de uma travessia, dentro da buraqueira, barro e perigos, levando jornalistas e políticos por uma viagem interminável na rodovia longe de ficar pronta, pelo poderio das forças contrárias, incluindo donos de barcos e balsas e ONGs nacionais e internacionais, que estão ganhando fácil a batalha. Até agora, nada mudou no quadro. Quem sabe nesse encontro do final deste mês, o senador do PDT consiga algum avanço concreto? Outros temas, como a duplicação da BR 364 e um anel viário para a Capital também estarão na pauta.

FUGA PARA O BRASIL

Todos os dias, famílias inteiras de venezuelanos cruzam as áreas de fronteira com o Brasil, fugindo do terror e da terrível crise econômica que estão dominando seu país. A milícia criada pelo governo bolivariano, será ampliada a meio milhão de “soldados” fortemente armados, para defender a ditadura imposta por Nicolás Maduro, contra a grande maioria da população. Que não suporta mais viver na penúria e sob o tacão de um governo que quer se manter no poder na marra e pela força das armas. Apoiado por dezenas de milhares de militares e técnicos cubanos (fala-se  em 100 mil cubanos no país), os que ajudam Maduro a manter um governo de esquerda comprovadamente impopular e incompetente, o Presidente da Venezuela está levando seu país a um caminho sem volta de uma guerra civil. Em Porto Velho, por exemplo, todos os dias, grupos de venezuelanos que fugiram desesperados, chegam pelo porto do Cai N´Água, com a esperança de conseguirem aqui ao menos sobreviver. É inacreditável o que o chavismo conseguiu fazer, para destruir um dos mais belos e promissores países da América Latina!

PERGUNTINHAS

Estamos em países diferentes, onde as leis são aplicadas conforme a região e a cara do freguês? Como no Rio Grande do Sul, um traficante é considerado inocente por usar uma arma roubada, para proteger seu ponto de venda de drogas e em Porto Velho, na zona rural, um idoso de 90 anos é preso por ter uma espingarda para se proteger?

Fonte: 010 - sergio pires

Noticias relacionadas

Banner Ale

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias