Segunda-Feira , 09 de Janeiro de 2017 - 20:55 - MINHA HISTÓRIA

FILHAS REENCONTRAM MÃE DEPOIS DE 40 ANOS SEPARADAS

Uma família teve uma virada de ano diferente em Kansas City, em Minissouri, nos EUA.

As duas irmãs, Starla Medlock e Jeannie Toomey, reencontraram sua mãe após quatro décadas separadas. O choro foi inevitável. (vídeo abaixo)

“Parecia que o tempo havia parado”, afirmou Starla, 43 anos de idade, no momento em que colocou os olhos em sua mãe no aeroporto Internacional de Kansas City.

História

As duas foram separadas da mãe, Lani Szarmach, quando tinham apenas 1 e 2 anos de idade. O pai das meninas, um soldado da Força Aérea americana, foi enviado ao Vietnã.

“Foi então que ele conheceu nossa mãe na Tailandia e se casaram. Voltaram para Columbus, Ohio, em 1973, onde Starla nasceu e depois a família se mudou para a Inglaterra, quando minha mãe estava grávida de mim. Eu nasci lá, e em seguida eles se divorciaram”, explicou Jeannie.

A longa separação de Lani de suas filhas aconteceu depois do divórcio, quando o pai das meninas ficou com a custódia completa e as levou para os Estados Unidos.

“Ele sempre nos disse que tinha escolhido o melhor para nós duas, já que ele teria melhos condições de nos criar”, afirmam.

“Todos os dias perguntávamos ao nosso pai sobre nossa mãe. Ele nunca falou mal dela para nós”, contou Starla em memória de seu Pai que faleceu há seis anos.

“Ele dizia apenas que ela não sabia falar inglês porque era genuinamente nascida na Tailândia”, contaram as duas mulheres.

A busca

Com o tempo, as duas meninas decidiram procurar pela mãe. Elas passaram anos pesquisando banco de dados e tentando localizar registros de nascimento, sem sucesso.

As irmãs também utilizaram as redes sociais para tentar descobrir alguma informação sobre a mãe.

“Nós não víamos mais saída. Decidimos fechar este capítulo da nossa história. Pensamos juntas, não podemos mais continuar nessa busca. Temos que aceitar que provavelmente nunca a conheceremos”, afirmaram.

Presente de fim de ano

A reviravolta foi no dia 30 de dezembro último. Starla recebeu uma solicitação de mensagem inesperada no Facebook. O atual marido de Lani, Mark Szarmach, enviou uma foto da esposa com uma das irmãs recém nascidas. Ambos vivem atualmente em Pueblo, no Colorado.

Starla e Mark trocaram números querendo confirmar os fatos e garantir que era a conexão certa.

“Lani queria encontrá-las mas não sabia como, porque tinha informações muito limitadas. Por isso todas as tentativas de busca foram fracassadas”, afirmou Mark sobre sua esposa.

“Muitas vezes ela chorou lembrando de suas filhas e me pediu para ajudá-la. Foi então que resolvemos tentar no facebook. Anotamos as informações que tínhamos. Sabíamos que o sobrenome era Thompson e que o pai era da Força Aérea. Foi então que fiz inúmeras buscas no Facebook e na web, até que encontrei o obituário de John”, afirmou Mark.

Em seguida, o marido de Lani levou 3 horas para achar Jeannie no Facebook.

“Quando abri o álbum, vi a foto dela com um bebê nos braços, entrei em estado de choque. Quando consegui voltar a mim, fui até ela dizendo Querida, você precisa ver isso. Ela viu a foto e começou a chorar compulsivamente”, afirmou.

Reencontro viralizou

O vídeo da família feliz na véspera de ano novo viralizou nos Estados Unidos. Mark e Lani voaram para Kansas City.

Lani disse estar muito feliz em finalmente reencontrar suas filhas e estar planejando cozinhar comida típica tailandesa para compensar todas as refeições que não puderam compartilhar.

“Vamos fazer compras para fazer comida Tailandesa. Eu esperei tanto tempo para cozinhar para minhas filhas”, afirmou.

Para qualquer um que passe por essa situação, as irmãs fizeram questão de deixar um conselho:

“Com Deus tudo é possível. Milagres acontecem. Eles realmente acontecem. Nunca desista da esperança. Tudo pode mudar repentinamente e nós somos a prova disso”, afirmaram.

fonte: conexão rondonia

Fonte: conexaorondonia

Link da materia: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/filhas+reencontram+mae+depois+de+40+anos+separadas/85566

Acesse http://www.newsrondonia.com.br